Seja Representante Hidrosux

sexta-feira, 28 de setembro de 2018

Protocolo Peeling Diamante


SUGESTÕES DE TRATAMENTOS

Peeling de diamante tira manchas da pele e combate rugas, também conhecido por microdermoabrasão, é um tratamento estético que faz uma esfoliação profunda ou superficial da pele, retirando as células mortas da camada mais superficial "camada córnea", sendo muito eficiente para retirar as manchas e combater as rugas porque estimula a produção de colágeno e elastina, que são fundamentais para manter a pele firme e uniforme.

Apesar de ser mais indicado para tratamentos faciais, o peeling de diamante também pode ser realizado em outras regiões do corpo como pescoço, colo, braços e costas, para retirar pequenas manchas deixadas por cicatrizes, por exemplo. Além disso, também é um bom complemento terapêutico para minimizar estrias brancas ou vermelhas.

O peeling de diamante não dói* e logo depois do procedimento é possível voltar imediatamente ao trabalho e as suas atividades sociais, diferentemente do que ocorre quando se faz um peeling químico, em que é preciso se afastar dessas atividades durante alguns dias

Caneta Peeling diamante

A caneta com uma ponteira da diamante é conectada a um aparelho de vácuo, promovendo um lixamento na pele , através da pressão negativa do vácuo , mais a granulometria da ponteira de diamante.

 O fundamento desta técnica é igual ao da lixa d'água: quanto maior, mais profundo será o peeling As ponteiras a ser escolhidas são entre 50 e 150 mícras .

O aparelho de vácuo deve ser utilizado com uma pressão entre 300 mmHg a 400 mmHg de pressurização.

Os parâmetros utilizados para determinar a profundidade do Peeling são: a granolometria da ponteira, a pressão utilizada para a sucção, o número de passagens sobre a área a ser tratada e a velocidade a ser utilizada.

A ponteira de diamante é escolhida de acordo com a necessidade e a sensibilidade da pele.

Na sequência de aplicação desta técnica, começa-se pela região frontal do cliente, passando para a região do sulco nasogeniano, um pouco mais para a lateral, seguindo-se para a pálpebra inferior do lado direito, passa-se o aparelho ao redor da orelha, indo até o implante capilar .

Repete-se o mesmo procedimento do lado esquerdo. Depois será região orbicular dos lábios, usando o aparelho por todo  o mento, passando então para o buço e finalizando no nariz.

As ponteiras devem ser de aço cirúrgico, podendo ser esterilizadas por qualquer método convencional, que, após a sua aplicação, pode ser utilizada qualquer outra técnica , inclusive um peeling químico.



Para que serve
O peeling de diamente possui diversos benefícios, podendo ser utilizado para:
Ø  Remover manchas presentes na camada mais superficial da pele, conhecidas como melanoses;
Ø  Tratar cicatrizes de acne;
Ø  Suavizar e remover rugas;
Ø  Desobstruir os poros;
Ø  Tratar estrias;
Ø  Diminuir a oleosidade da pele.
Ø  O peeling de diamante funciona a partir de uma esfoliação, realizada com auxílio de um equipamento específico, que além de remover a camada de células mortas, estimula a produção de colágeno, melhorando o aspecto, textura e aparência da pele.

Quando é indicado fazer
O peeling de diamante pode ser feito em qualquer época do ano, no entanto ele é mais indicado quando as temperaturas estão mais amenas, como no outono ou inverno.

Após o procedimento deve-se lavar o rosto com sabonete neutro, evitar expôr-se ao sol e usar protetor solar diariamente. Uma boa forma de não esquecer de usar o protetor solar é comprar um creme de rosto ou maquiagem que já contenha fator de proteção solar no mesmo produto. Assim a pele não fica pegajosa, nem sobrecarregada. Veja qual é o melhor fator de proteção para cada pele.

Para a manutenção adequada da pele, após essa esfoliação mais profunda da pele, recomenda-se o uso de bons produtos cosméticos, de marcas de confiança ou manipulados de acordo com a necessidade. Saiba quais são os cuidados após a microdermoabrasão.

Quando não é indicado
O peeling de diamante não é recomendado para quem possui a pele muito sensível, inflamada ou com acne de graus II, III ou IV. Nesses casos é preciso esperar até que a pele esteja cicatrizada e que o dermatologista autorize o procedimento para evitar lesões.

Quantas sessões devo fazer
O número de sessões de peeling de diamante depende do estado da pele da pessoa e do objetivo do tratamento, podendo ser necessário de duas a 5 cinco sessões ou mais para alcançar o resultado desejado.

As sessões normalmente duram de 15 a 30 minutos, dependendo da área a ser tratada, o intervalo entre cada sessão deve ser de 15 a 30 dias e o procedimento deve ser realizado por um dermatologista, fisioterapeuta dermatofuncional ou esteticista.
*Dor é relativo e variável de acordo com cada individuo





Protocolos para Vapor de Ozônio:



SUGESTÕES DE TRATAMENTOS

    Higienização de Peles Oleosas
* Higienizar a pele com sabonete para pele oleoso em seguida, remover.
* Realizar o peeling, com equipamentos ou cosméticos, para afinar a capa córnea.
* Realizar desincruste, nas regiões de maior oleosidade.
* Borrifar sobre a pele uma loção tônica hidratante para evitar seu ressecamento.
* Colocar uma solução emoliente com uma gaze sobre a face e aplicar o Vapor de Ozônio durante 15 minutos.
* Extrair os comedões com a caneta extrator Hidrosux e sucção do vácuo.
* Aplicar uma máscara calmante ou secativa para diminuir os efeitos do procedimento sobre a pele.
* Aplicar gel hidratante com filtro solar para finalizar o procedimento.



    Higienização em Peles Normais ou Secas
* Higienizar a pele com emulsão de limpeza e, em seguida, remover.
* Realizar o peeling, com equipamentos ou cosméticos, para afinar a capa córnea.
* Borrifar sobre a pele uma loção tônica hidratante para evitar seu ressecamento.
* Colocar uma solução emoliente com uma gaze sobre a face e aplicar o Vapor de Ozônio durante 15 minutos.

* Extrair os comedões com a caneta extrator Hidrosux e sucção do vácuo.
* Aplicar Alta Frequência em toda face durante 10 minutos.
* Aplicar uma máscara calmante ou secativa.
* Realizar massagem com produto nutritivo em toda a face.
* Finalize com filtro solar.



    Protocolo Hidratação Facial
* Higienizar a pele com leite de limpeza, nas regiões do pescoço, face e colo em seguida, remover.
* Realizar esfoliação utilizando gel esfoliante.
* Retirar o excesso de esfoliante e depois fazer pinçamento de jacket.
* Aplicar o vapor sem o ozônio: 5min. Pode-se colocar compressas de gases com loção hidratante. (opcional).
* Realizar ionização com princípios ativos hidratantes, nas regiões de rosto, pescoço e colo (deve ser realizado de 7 a 10minutos).
* Aplicar fluídohidratante.
* Aplicar máscara hidratante tensora e deixar agir por 20 minutos. Retirar com algodão e água.
* Finalizar com filtro solar.


     Protocolo Terapia Capilar Antiqueda
* Dividir o cabelo em mechas e aplicar por todo couro cabeludo, gel esfoliante.
* Aplicar no couro cabeludo, argila associada a loção tônica capilar antiqueda.
* Aplicar o vapor de ozônio e deixar agir por 15 minutos.
* Realizar a lavagem dos cabelos com shampoo fortalecedor.
* Executar manobras no couro cabeludo com loção tônica anti-queda.
    Spa dos Pés 
Tratamento para saúde e beleza dos pés. 
Higienização, esfoliação, hidratação e relaxamento. Além de Dermocosméticos, utiliza-se:
* Vapor de ozônio 
O Vapor de Ozônio nutre, limpa e hidrata seus pés. O Vapor de Ozônio é um procedimento que auxilia na nutrição, limpeza e hidratação dos pés, com super-hidratação com cremes especiais e com uso de vapor de ozônio, é indicado para o tratamento de fissuras, rachaduras ou ressecamentos dos pés, hidratação e limpeza da pele.
* Eletroterapia: 
Bactericida: destrói bactérias que colonizam a pele. Bacteriostático: controla a proliferação de certas bactérias. Fungicida, oxigenante, hemostática. Realiza termoterapia no interior do organismo, elevando a temperatura interna.
Tem ação circulatória, hiperêmica, analgésica e resolutiva. Antiespasmódica e Antiinflamatória.

Próximo post, vapor de ozônio barbearia




segunda-feira, 24 de setembro de 2018

Protocolo limpeza de pele com sucção - Adeus Cravos e Espinhas


A Limpeza de Pele é um dos procedimentos que garante ao profissional de estética a fidelização de seu cliente. Por ser um dos procedimentos mais conhecido pelo cliente final, é a oportunidade do profissional mostrar o seu diferencial no atendimento, utilizando produtos de qualidade capazes de facilitar o procedimento da limpeza de pele, diminuindo ao máximo o desconforto na hora da extração proporcionando um resultado sensorial de pele limpa, afinada, que levará a cliente querer voltar na clínica do profissional e conhecer os outros tratamentos oferecidos.  
A Hidrosux oferece em sua linha muitas opções de aparelhos e acessórios para tratamentos corporais e faciais. Pensando em resultados, conforto e segurança, elaboramos uma sugestão de Protocolo de LIMPEZA DE PELE PROFUNDA COM SUCÇÃO, confira logo abaixo:






:: PASSO A PASSO ::

Higienização: primeiramente aplicar demaquilante para retirada de resíduos como a maquiagem na pele, em seguida aplica-se sabonete neutro na face, pescoço e colo com movimentos circulares e retire o mesmo com algodão umedecido. 
Esfoliação: A esfoliação deve ser realizada logo após, com movimentos circulares na região de face, pescoço e colo e neste procedimento deve levar em consideração qual esfoliante para uso de acordo com o tipo de pele do cliente. Têm finalidades de remoção de células mortas queratinizadas.  
Tonificação: Existem diversos tipos de tônicos faciais como os: adstringentes, calmante, nutritivos, anti-sépticos. O produto é utilizado para equilibrar o pH cutâneo. A escolha dele dependerá de acordo com o procedimento e o tipo de pele do cliente. 
Emoliência: Para emoliência utiliza-se em creme ou loção, a fim de facilitar extração, sendo associada ao vapor de Ozônio ou Máscara térmica, por aproximadamente de 15 a 20 minutos. O vapor tem função bacterecida e aquecimento, facilitando a extração dos comedões. 
Vapor de ozônio: o vapor de ozônio tem função bactericida, fungicida e bacteriostático, com finalidades de emoliência e descontaminação no preparo da limpeza de pele.
Extração: Método Hidrosux com uso da caneta extratora Hidrosux Slim. 
Alta frequência: é um equipamento utilizado após a extração por conta do seu efeito bactericida, descongestionante e cicatrizante. Tempo de variação varia de 05 a 10 minutos, quanto à intensidade deve respeitar a sensibilidade do cliente. 
Massagem: o procedimento de massagem é opcional, mas indicada após a extração é a drenagem linfática manual, pois seu efeito é descongestionante e aumenta oxigenação local. 
Máscara calmante: a máscara é descongestionante ou secativa, o tempo varia entre 10 a 20 minutos. 

Filtro solar: aplica-se o foto protetor de acordo com tipo de pele (gel, creme, fluido ou sérum).

Acesse: www.hidrosux.com.br

Protocolo para uso de rolete de massagem com vácuo endermo palper-rouler


Podemos dizer que se processa uma depressomassagem e também uma depressodrenagem, onde o embasamento científico é a “ventousage” (utilizada pelos chineses há mais de 3.000 anos), aliada à técnica do “palper-rouler” (palpar-rolar) que consiste em formar uma prega cutânea por aspiração e após rolar esta prega, através de um cabeçote munido de duas roldanas que vão promovendo uma micro massagem sobre os nódulos celulíticos e também sobre as adiposidades localizadas.
Seus efeitos de depressomassagem contribuem eficazmente para eliminar a Celulite, proporcionando maior firmeza e tonicidade a pele, estimulando a elasticidade das fibras de colágeno e elastina, tratando em profundidade todas as causas funcionais mecânicas ou circulatórias responsáveis pelos problemas estéticos e patológicos da celulite.
Esta técnica através dos efeitos de depressomassagem, elimina as toxinas acumuladas nas células, responsáveis pelas manifestações inestéticas tão temidas: pernas cansadas, celulite, e pele com aspecto de casca de laranja.

OS ASPECTOS FISIOLÓGICOS NA PELE:
HIPERVASCULARIZAÇÃO: Com atuação direta sobre o sistema circulatório, a Vacuoterapia age nas camadas mais profundas carregando nutrientes e oxigênio.
A ADSORÇÃO: Atua no tecido conjuntivo aumentando a atividade enzimática e consequente eliminação de toxinas liberadas na corrente sanguínea.
AUMENTO DA ATIVIDADE LINFÁTICA: Quando utilizado respeitando-se a fisiologia do Sistema Linfático, permite que sangue e linfa circulem com mais facilidade, melhorando a nutrição celular e a eliminação dos radicais livres.
MELHORA DO SISTEMA IMUNOLÓGICO: Dá-se graças a maior ação do sistema linfático e estimulação dos gânglios linfáticos e renovação dos tecidos linfóides.
TONIFICAÇÃO DOS TECIDOS: A massagem profunda provocada pela pressão negativa, permite uma renovação tissular por quebra da camada de queratina, e estímulo para a produção da elastina.
ATENUAÇÃO DA FIBROSE: A tração do tecido (pele) promovida pela aspiração. RELAXAMENTO: Por ação da massagem sobre o sistema neurovegetativo há uma sensação de bem estar. DIMINUIÇÃO DE EDEMAS E HEMATOMAS: Por ação do sistema linfático.


INDICAÇÕES PARA:
1.         Tratamentos contra celulites em áreas superficiais.
2.         Tratamentos contra celulites edematosas.
3.         Tratamentos contra gorduras localizadas.
4.         Queima calórica contra gorduras mais profundas.
5.         Melhora na circulação sanguínea e linfática.
6.         Melhora congestionamentos de líquidos tóxicos por edemas.
7.         Auxilia na eliminação das toxinas favorecendo a reabsorção pelos canículos linfáticos.
8.         Melhora no sistema imunológico.
9.         Condições pós-cirúrgicas com indicação médica.(com eletrodos de vidro)
CONTRA INDICAÇÕES:
1.         Não aplicar em pele com feridas ou ulcerações.
2.         Não aplicar em cima de veias varicosas.
3.         Pacientes cardiopatas descompensados.
4.         Não aplicar sobre a região cardíaca
5.         Pacientes com marca passo.
6.         Não usar próximo a cirurgias recentes.
7.         Pacientes com muita fragilidade capilar.
8.         Não usar em clientes com flacidez tissular.
As ventosa do aparelho onde só temos a massagem com pressão negativa, sem as roldanas. Nós utilizaremos essa ventosa, sem as roldanas, quando o que quisermos como resultado for a diminuição de gordura localizada (queima calórica). Utilizaremos também essa ventosa com uma intensidade de pressão negativa baixa, quando necessitarmos de auxiliar a condução de linfas num processo traumático ou de congestionamento por edemas. Numa cliente que se queixa sempre de dores nos membros inferiores, também poderemos usar a pressão negativa sem as roldanas para auxiliar a condução da linfa no Sistema linfático, e desta forma, melhorar muito a circulação sanguínea e linfática e consequentemente vai haver uma melhora substancial nas reclamações da cliente. Podendo também usar as que contem roldanas (endermologia).

CONCLUSÃO: Após uma massagem manual ou ainda qualquer outra técnica utilizada, o ideal seria sempre finalizar com o vácuo para que toda gordura que eventualmente conseguisse ser fragmentada pela ação da massagem, fosse conduzida, sempre no sentido do sistema linfático próximo a um gânglio de captação máxima. Com esse procedimento, teríamos sempre um resultado muito maior e mais abrangente em todas as técnicas utilizadas para redução de medidas.



POR QUANTO TEMPO UTILIZAMOS O VÁCUO NUMA SESSÃO?
O Vácuo/Endermo apesar de ser um equipamento eletro-mecânico, onde não  haveria problemas de saturação de nenhuma corrente de eletroterapia, não devemos utilizar mais do que 15 minutos numa sessão para não provocarmos nenhum tipo de fadiga muscular.

COM QUAIS SUBSTÂNCIAS UTILIZAREMOS?
Depende muito de qual resultado esperamos obter, por exemplo:
1-LOÇÃO DE ARNICA E CREME DE ARNICA:
  Uma cliente com gordura localizada: Antes de iniciar a sessão, o ideal seria pulverizar uma loção de Arnica para se promover um aumento de vascularização. Após, aplicar o creme de arnica e espalhar muito bem. Sobre o creme, deslizar a ventosa.  O trabalho pode ser feito em conjunto Vácuo/mão, onde a profissional vai fazendo um trabalho fantástico como técnica e ao mesmo tempo vai dando aquele toque pessoal que tanto agrada a todas as clientes.
2-SOLUÇÃO COM TRIAC E THIAMUCASE E CREME MODELADOR:
Para clientes com celulite edematosa/nodulosa. Pulverizar o Corpo (solução com Triac e Thiomucase) e fazer alguns movimentos de pinçamentos. Sobre ele, aplicar uma camada do creme Modelador(Thiomucase / Centelha Asiática) e espalhar bem para que haja um deslizamento homogêneo do endermo.
3-ÓLEO DE ABRICOT: (Para utilização em Celulites superficial tipo casca de laranja). Pulverizar em primeiro lugar a Solução com Triac e Thiomucase, em seguida aplicar o óleo de Abricot e espalhar bem. Sobre o óleo, ir aplicando sempre no sentido dos feixes musculares.
4-GEL DE ALGAS VERMELHAS + IONTO FIRMANTE: (Para clientes com celulite instalada em gordura mole -Flacidez). Preparar um gel de Algas Vermelhas desidratadas. Primeiro pulverizar o Ionto firmante e sobre ele aplicar o
gel de algas e iniciar o processo a vácuo/endermo. Outra opção: (Ionto Firmante + Creme Hialozima).

TRATAMENTOS PRÁTICOS.

CLIENTE QUE APRESENTE UM QUADRO DE OBESIDADE LEVE:
MAIS OU MENOS 10 KILOS ACIMA DO PESO E TEM CELULITE INSTALADA EM GORDURA TÚRGIDA.
(DUAS SESSÕES POR SEMANA)
1-No presente caso, seria muito difícil tentar precisar o numero exato
de sessões que seria necessário para eliminar ou diminuir de forma radical o problema da cliente. Deve –se iniciar fechando um programa corporal com 40 sessões e depois ver a necessidade das manutenções.
2-Na primeira sessão semanal, faríamos uma Redução de Medidas,
utilizando as faixas quentes com as Enzimas emagrecedoras, utilizando o Corrente Galvânica (Ionização corporal) sobre as faixas para drenar os líquidos tóxicos.
3-Para finalizar esta sessão de Redução de Medidas, usaríamos o endermo
no sentido das fibras musculares, por 10 minutos seguindo o fluxo do sistema linfático.

COMO SEGUNDA SESSÃO NA SEMANA ULTRA-SOM + (VÁCUO)
1-Aplicar na região de maior concentração da Celulite, um Peeling desintoxicante, utilizando o Fango Termal e as Algas pardas.
2-Em seguida, pulverizar a solução com Triac e Thiomucase e pinçar.
3-Aplicar uma camada de gel de ultra-som e iniciar todo procedimento para utilização do ultra-som, escolhendo 5 cm de diâmetro em 3 ou 4 áreas mais comprometidas.
4-Sobre o gel de ultra-som, aplicar um pouco de Creme Modelador ou Redutor, espalhar bem e aplicar 10 minutos do endermo para gordura localizada, intercalando sempre os movimentos com as mãos.
5-Para finalizar, utilizar o endermo ainda com a mesma ventosa (ou se preferir trocar) para drenagem e condução dos líquidos intersticiais, sangue e linfa e melhor veiculação dos aportes nutritivos e eliminação das toxinas.

CLIENTE QUE APRESENTE UM QUADRO DE PESO DENTRO DOS PADRÕES NORMAIS, MAIS MUITAS CELULITE E FLACIDEZ. (DUAS SESSÕES POR SEMANA)
1-Na primeira sessão, o ideal seria trabalhar com as faixas frias, utilizando o Gel Crioterápico envolvido com faixas geladas para promover uma boa vasoconstrição tecidual. Deixar por 20 minutos e retirar as faixas.
2-Em seguida, aplicar o Creme de Hialozima e Freccionar com ativações para que o metabolismo circule normalmente através do aquecimento da energia calórica provocada pelas mãos. (10 minutos nas áreas enfaixadas e adjacentes).
3-Iniciar agora o trabalho com o  endermo, seguindo o sentido dos músculos e ir intercalando o trabalho com as mãos.
4-Finalizar com o Endermo, numa pressão negativa pequena, para melhora das celulites superficiais e intercâmbio dos líquidos intersticiais, seguindo o fluxo linfático.
OBSERVAÇÃO: Se a cliente for mais gordinha ou tiver gordura localizada, proceder da mesma forma, somente mudando o item 1. Sobre o Gel crioterápico, aplicar as faixas embebidas em Loção com Triac que trabalha contra celulite e ao mesmo tempo reduz medidas.

OUTRA OPÇÃO CONTRA CELULITE E FLACIDEZ
1-Usar o Ultra-Som sobre o Gel de Hialozima por 10 minutos.
2-Terminar com o Endermo sobre o Gel de Algas Vermelhas + Ionto Firmante, seguindo o Feixe Muscular, seguindo o Fluxo linfático.

PARA CLIENTES QUE APRESENTEM UM QUADRO DE CELULITE NODULOSA EM CONJUNTO
COM MUITA GORDURA LOCALIZADA, QUE O SIMPLES TOQUE PROVOQUE DOR.
Quando o quadro da cliente esteja num grau de comprometimento onde haja compressão das vias nervosas (dor) por acúmulo
de gorduras e elementos tóxicos, o ideal seria:
1-Elevar os membros inferiores com uma cunha. Em seguida, pulverizar uma Loção de Arnica e pinçar.
2-Colocar a cliente num aparelho de eletroterapia (DRENAGEM LINFÁTICA), e deixar ajustado nas primeiras sessões pra “pós-cirúrgicos”, isto é, o máximo de tempo de contração para um maior bombeamento dos gânglios. Colocar corretamente as placas e deixar trabalhando por 40 minutos.
3-Encerrar a sessão, utilizando o endermo, na direção distal/proximal sobre o Creme de Arnica. Iniciar pelas laterais e encerrar na região anterior da coxa.
4-Proceder da mesma forma na região abdominal intercalando com a condução com as mãos.
O Endermo/Vácuo, quando possui recursos complementares, tais como os eletrodos de vidro, nos traz uma série de vantagens e benefícios.
Com os eletrodos de vidro, nós conseguimos através da transparência, enxergar exatamente a quantidade de pressão negativa que está sendo exercida sobre determinada estrutura do tecido da pele. Isto é de uma importância vital e radical sobre o que vamos explicar a seguir:
Após um procedimento médico cirúrgico, normalmente uma cirurgia plástica onde o profissional médico não utilizou a Lipoaspiração, mas sim um processo através de incisões (cortes) com bisturi. Estes procedimentos ainda são muito utilizados pelos médicos, dependendo do tipo de problema estético que apresenta a paciente em questão, principalmente em cirurgias do rosto (Lifting cirúrgico) ou ainda alguns tipos de cirurgias de mamas e abdome.
Próximo dos locais onde o médico efetua as incisões (cortes), logicamente a incisão provoca rompimentos de vasos sanguíneos e canículos linfáticos, e, estes líquidos que antes estavam numa condição intravascular, agora se encontram extra-vascularmente, e, quando fora de seu habitat normal, eles são considerados êxtase, líquidos que pairam extra vascularmente e a tendência dos mesmos é se alojarem próximos aos locais da incisão (corte). (Por esse motivo é muito comum esses líquidos se alojarem próximo às incisões e iniciarem um processo de formação de “cordões de aderência”).
Pois bem, quando utilizamos, após a cirurgia e com indicação médica, o Vácuo “in vitro” de uma forma muito leve, com uma pressão negativa no mínimo, o tecido da pele sendo sugado muito suavemente para cima, proporcionará condições para a passagem dos líquidos, condições ainda de disfibrosar a pele e a reabsorção dos líquidos extra vasculares que poderiam provocar as fibroses teciduais.

PÓS-CIRÚRGICO COM ELETRODOS DE VIDRO:
1-A profissional esteticista sempre agirá com indicação médica.
2-O procedimento poderá ser efetuado no mínimo 5 dias após a cirurgia, não importando se ainda tenha pontos ou não, isto quem vai decidir é o cirurgião.
3-As mãos deverão estar protegidas com luvas cirúrgicas. Antes das luvas, a profissional deverá ter lavado as mãos com Saboex e em seguida do enxágüe, aplicar um jato de Chlorohex (Degermante e anti-séptico a Johnson).
4-Higienizar a região a ser trabalha somente com soro fisiológico em algodão estéril.
5-Iniciar o processo com o Vácuo, (utilizando uma só mangueira e um só eletrodo de vidro) com uma distância no mínimo 2 cm do local da incisão. Trabalhar ao redor da incisão por mais ou menos 10 minutos, nunca se esquecendo que a pressão negativa é a mais suave possível. Após, fazer movimentos de bombeamentos manuais por toda região adjacente ainda com as luvas por mais 15 minutos e encerrar a sessão.
6-A cliente deverá fazer no mínimo de 10 a 20 sessões dependendo da gravidade do problema.
OBSERVAÇÃO: Após a retirada dos pontos e a cicatrização dos mesmos, a profissional (esteticista) pode iniciar a utilização das ventosas de vidro (pneumo-lifting), para favorecer todo o processo e melhora no sistema linfático.

NO PRÓXIMO SEGUIMENTO VAMOS FALAR DE UMA SESSÃO COMPLETA DE DRENAGEM
LINFÁTICA, UTILIZANDO A DEPRESSOMASSAGEM.
Neste caso, a nossa cliente não deverá apresentar quadro de fragilidade capilar e sim um tecido normal para resistente.
1-Em primeiro lugar, elevar os membros inferiores com uma cunha e em seguida pulverizar uma Loção de Arnica e fazer movimentos de pinçamentos.
2-Em seguida, aplicar o Vácuo somente fazendo bombeamentos nos.Gânglios de forma isolada, conforme técnicas ensinadas no controle da intensidade: Gânglios 0periféricos umbilicais - Gânglios inguinais - Gânglios poplíteos - Gânglios pós-claviculares e pré-claviculares - Gânglios axilares
3-Após os bombeamentos isolados, aplicar o Creme de Arnica Montana espalhar bem para um prévio aquecimento, e iniciar desde a região do tornozelo, seguindo o fluxo da corrente sanguínea e linfática, terminando na região inguinal, com a manopla. Primeiro na lateral externa, após na interna e terminando na parte anterior da coxa. (Não se trabalha na parte anterior da perna e sim nas laterais).
4-Depois, colocar numa intensidade bem suave de pressão negativa e vir conduzindo exatamente como explicado no item anterior.
5-Continuar a Drenagem Linfática, indo agora para a região do abdome e após nos braços aplicando a mesma técnica.
6-Encerrar, pedindo a cliente que se vire (decúbito ventral) e aplicaremos desde os pés, até a região das costas, só fazendo a condução com uma pressão negativa suave. Não esquecer de espalhar o Creme de Arnica na cliente antes de começar a aplicar o Vácuo.
O relógio  que contem no equipamento é para facilitar o trabalho da profissional na ficha de anaminese, usar para tratamentos corporais no máximo em 300 (dependendo do tipo de bocal pode ser mais ou menos), pois sua cliente não suportará a pressão e também para não causar dilatação dos capilares.